EMENTA: Relação entre análise do comportamento e economia. Utilização de conceitos econômicos para compreensão do comportamento. Economia aberta e fechada. Elasticidade de demanda. Substitutos e complementos. Economia e escolha.
OBJETIVO: Áreas de pesquisa e aplicação na interface entre Psicologia e Economia têm crescido significativamente nos últimos cinquenta anos. A interação entre as duas disciplinas tem sido bidirecional, com a importação de conceitos e ideias econômicas para abordagem de fenômenos tipicamente investigados em psicologia, bem como a importação de conceitos e ideias psicológicas para abordagem de fenômenos tipicamente econômicos. Diferentes tendências têm recebido denominações variadas, tais como Economia Comportamental, Economia Experimental e Psicologia Econômica. O objetivo da disciplina é explorar conceitos e pesquisas na interseção entre economia e análise do comportamento, que constitui um arcabouço teórico-metodológico específico da psicologia. A disciplina discutirá o uso de conceitos econômicos em análise do comportamento, tais como elasticidade de demanda, sistemas econômicos abertos e fechados, bens substitutos e complementares, comportamento de escolhas intertemporais e probabilísticas, bem como pesquisas aplicadas sobre os temas.
PROGRAMA:
Unidade 1: Introdução e conceitos básicos
Origens da economia comportamental
Teoria de escolha do consumidor
Metodologia experimental com animais
Comportamento de escolha de produtos
Unidade 2: Escolhas intertemporais e probabilísticas
Escolhas probabilísticas
Escolhas intertemporais
Metodologia experimental
Economia de fichas
Unidade 3: Outros temas de pesquisa
Desconto subjetivo e dependências
Desconto social
Elasticidade de demanda individual e de grupo
Medidas de valor de reforço
Aplicações de valor essencial de reforço
Comportamento em jogos